CLAM - Principal  
EM DESTAQUE | artigos e resenhas | aborto
 
Publicada em: 24/03/2015

Aborto ilegal, uma forma de feminicídio?


O que pensar quando um médico infringe o seu código de ética e a lei que estabelece que toda mulher em processo de abortamento deve ser atendida com respeito e humanidade? Essa postura, que leva mulheres a morrer apenas por serem mulheres, não significaria uma prática deliberada de extermínio daquelas que ousaram contestar seu destino de mulher? Artigo de José Gomes Temporão (foto) e Lena Lavinas.
   
Naara Luna  
Publicada em: 26/09/2012

Como se fecham os olhos ao aborto


Na semana do Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe (28 de setembro), o CLAM publica resenha assinada pela pesquisadora Naara Luna (UFRRJ) sobre a obra La condition foetale: une sociologie de l’engendrement et de l’avortement, de Luc Boltanski, marco no estudo interdisciplinar das ciências humanas sobre aborto.
   
GOLLOP, Thomaz Rafael e TORRES, José Henrique  
Publicada em: 07/07/2011

A ANENCEFALIA E O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL


Em artigo, o médico Thomaz Rafael Gollop e o juiz José Henrique Torres defendem que o Supremo Tribunal Federal brasileiro, que em breve votará sobre a interrupção da gestação de fetos anencéfalos, decida pela constitucionalidade da antecipação do parto nestes casos. Para eles, submeter uma mulher a uma gestação deste tipo equivale a uma tortura.
   
DONDA, Cristina Solange  
Publicada em: 07/07/2011

Os imperativos da consciência


Neste artigo, a filósofa Cristina Donda discute, à luz da filosofia, da bioética e do direito, o uso institucional da objeção de consciência para negar o acesso ao aborto nos casos contemplados pela lei. Donda explica as diferenças entre esta prática e a desobediência civil. (Texto em espanhol)
   
Mario Pecheny  
Publicada em: 08/07/2010

A injustiça do aborto


Em artigo de opinião publicado na edição de 5 de julho do jornal Página 12, o pesquisador Mario Pecheny (Conicet-UBA-Gino Germani) discute a ilegalidade do aborto na Argentina e denuncia a escassa importância dada pelo Estado a esta que é a principal causa de morte de mulheres relacionada à gravidez no país. (Texto em espanhol)
   
 
Publicada em: 08/04/2008

O ser não é essência


Para a filósofa Juliana González Valenzuela, pensar uma ontologia contemporânea que conceba o ser humano como um processo, e não como uma essência, é o marco para entender a concepção filosófica e científica que sustenta a descriminalização do aborto no México. (Texto em espanhol)
   
CITELI, Maria Teresa  
Publicada em: 31/03/2008

As feministas e o plebiscito


O CLAM publica o terceiro artigo da série Ciência e Religião na Mídia. O texto traz uma reflexão sobre os argumentos que estão em jogo no debate sobre a proposta de plebiscito levantada recentemente no Brasil pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão.
   
LOREA, Roberto Arriada  
Publicada em: 31/03/2008

Violação de direitos


Roberto Arriada Lorea. Ao anunciar a edição de norma administrativa que dispensa a mulher, cuja gravidez resultou de estupro, de procedimento burocrático junto à delegacia de polícia, para que possa a mesma se submeter a um aborto seguro, o Ministério da Saúde estará apenas revogando uma exigência, igualmente administrativa, imposta desde 1998 às vítimas de estupro, sem que para esse procedimento burocrático houvesse previsão legal ou decisão judicial autorizadora.
   
CASTILHOS, Washington  
Publicada em: 31/03/2008

Tutela indevida


O 3º texto da série promovida pelo Observatório de Sexualidade e Política (Sexuality Policy Watch) sobre a visita de Bento XVI ao Brasil mostra como a sociedade está se libertando da tutela indevida da Igreja em áreas alheias à religiosidade. O artigo discute a questão do aborto.
   
LOREA, Roberto Arriada  
Publicada em: 31/03/2008

Aborto e direitos humanos na América Latina - Desconstruindo o mito da proteção da vida desde a concepção


Por Roberto Arriada Lorea – Juiz de Direito do Rio Grande do Sul. Quando o debate sobre o direito ao aborto ingressa na agenda política brasileira, aqueles que são contrários à proteção integral dos direitos humanos das mulheres, retomam o discurso de que a Constituição Federal de 1988 protege o direito à vida desde a concepção.
   
Página 1 de 2

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599