CLAM - Principal  
EM DESTAQUE | artigos e resenhas | gênero
 
Publicada em: 05/06/2014

Brasil: país do transfeminicídio


Para Berenice Bento (UFRN), os assassinatos contra a população trans são contabilizados equivocadamente no cômputo generalizante de violência contra os LGBTTT. A socióloga sugere nomear essa violência letal como transfeminicídio, reforçando que a motivação da violência advém do gênero.
   
 
Publicada em: 15/05/2014

As Lutas Feministas e a Mídia


Para a coordenadora do Observatório da Mulher, Rachel Moreno, a mídia desempenha papel relevante na reprodução da desigualdade de gênero, ao privilegiar conteúdos conservadores e machistas e rechaçar demandas de pluralidade. Políticas públicas e leis de combate à violência contra a mulher precisam ser acompanhadas por uma cultura midiática mais inclusiva.
   
 
Publicada em: 31/10/2013

Palavra de mãe


Em artigo, a professora do Instituto de Psicologia Social da Uerj Anna Uziel comenta projeto aprovado no Senado brasileiro que altera a Lei de Registros Públicos, estendendo às mães o direito de registro dos filhos. A medida avança sobre uma legislação que “atrela parentalidade à conjugalidade” e que reflete a ideia do homem como chefe de família.
   
 
Publicada em: 30/10/2012

Chega de conversa fiada


Atuar nos orçamentos públicos permitiu ao movimento feminista sair do campo das reivindicações e construir uma relação mais igualitária com os governos. Ao inviabilizar o controle social dos gestores públicos, o governo perde credibilidade e aliados. Nós perdemos algo mais preciso do que o acesso às informações. Perdemos direitos e processos de construção de cidadania. Artigo de Gilda Cabral.
   
 
Publicada em: 25/10/2012

Urbanização e fecundidade


Em artigo, os demógrafos George Martine (Universidade de Brown), José Eustáquio Diniz Alves (ENCE/IBGE) e Suzana Cavenaghi (ENCE/IBGE) discutem o impacto do fenômeno da urbanização nas taxas de natalidade.
   
 
Publicada em: 25/10/2012

Fecundidade em baixa; educação em alta


Em artigo, o demógrafo Eduardo L. G. Rios-Neto (UFMG) afirma que a diminuição na taxa de fecundidade brasileira, atualmente em 1,9, fará com que a população, em algum momento a partir de 1930, deixe de crescer.
   
 
Publicada em: 10/10/2012

Brasil tem mais prefeitas


Em artigo, José Eustáquio Diniz Alves (ENCE/IBGE) analisa o aumento da participação e da eleição de mulheres na política municipal brasileira nas últimas décadas. Uma das razões é a política de cotas, que obriga os partidos a preencher, no mínimo, 30% das candidaturas para elas. No entanto, segundo o demógrafo, o país continua longe da paridade de gênero na política.
   
 
Publicada em: 16/11/2011

Desigualdade de gênero no Brasil e o GGGI


Em artigo, o demógrafo brasileiro José Eustáquio Diniz, da ENCE/IBGE, analisa criticamente o
Índice Global de Desigualdade de Gênero (Global Gender Gap Index - GGGI) 2011. Para ele, o fato de o Brasil (82º lugar) e a França (48º) estarem atrás do Lesoto (9º), Burundi (24º) e Uganda (29º) se deve a problemas na metodologia utilizada pelo Fórum Econômico Mundial.
   
Vigoya, Mara Viveros  
Publicada em: 31/08/2011

ESTEREÓTIPOS E VIOLÊNCIA DE GÊNERO


Mara Viveros Vigoya resenha Estereotipos de género. Perspectivas legales transnacionales, de Rebecca J. Cook e Simone Cusack, lançado na Colômbia pela ONG Profamilia, e aborda a agressão contra uma mulher por parte do diretor técnico da seleção colombiana de futebol. (Texto em espanhol)
   
Mara Viveros Vigoya  
Publicada em: 06/10/2010

Feminismo Negro


Angela Davis e Gina Dent, professoras convidadas para o lançamento da pós-graduação em Estudos de Gênero da Universidad Nacional de Colombia, dissertaram sobre teoria crítica, violências e racismo. Mara Viveros Vigoya, diretora da Escola de Estudos de Gênero, faz um balanço da visita. (Texto em espanhol)
   
Página 1 de 2

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599