tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Da menina meiga à heroína superpoderosa: infância, gênero e poder nas cenas da ficção e da vida

Este artigo pretende discutir o desenho animado As meninas superpoderosas como um texto midiático que traz à tona a imagem da criança como herói. Analisamos os modos como crianças de uma turma de educação infantil interpretam episódios do desenho animado e, a partir dessas referências simbólicas, produzem sentidos sobre ser criança na contemporaneidade. Com base no diálogo entre os discursos das crianças e aqueles que compõem a narrativa da animação, discutimos os novos mapeamentos das fronteiras entre infância e vida adulta e das experiências masculina e feminina. Destacamos, também, os modos como as meninas produzem uma cultura lúdica, atravessada por referências advindas de outros textos midiáticos, nos quais a imagem da menina poderosa aparece associada à sedução. Por fim, refletimos sobre as contradições da infância contemporânea, situadas entre a desconstrução da imagem da criança frágil e inocente e outras formas de controle adultas, circunscritas pela cultura do consumo.(AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Crianças; Gênero; Infância; Meninas; Mídia;
Autor(es):

  • Salgado, Raquel Gonçalves(Autor)
Local: Outro (ND)
Tipo de Publicação: Artigo de periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v32n86/v32n86a08.pdf
Código/ISBN/ISSN: 0101-3262
Ano da Publicação: 2012
Nome do Periódico: Cadernos Cedes
Número do Periódico: 86
Volume: 32
Colação: p.117-136
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br
Acesso em: 11 mar. 2013


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599