tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Erotismo, mercado e gênero: uma etnografia dos sex shops de São Paulo

As ideias deste artigo têm como propósito aprofundar a discussão
sobre mercado erótico (produção, comercialização e consumo de
bens eróticos) e pensar, de um lado, suas conexões mais gerais
com o mercado, ou seja, com uma lógica cuja operação implica a
produção de diferenças a partir da oferta de bens e serviços; de
outro lado, analisar as articulações dessa oferta no registro dos
produtos eróticos, partindo do suposto de que os objetos buscados
e valorizados seriam os que justamente realçam a diferença e a
transgressão. Ao lado da discussão teórica, o artigo traz uma
etnografia dos sex shops na cidade de São Paulo. Na direção
inversa das visões que tendem a tomar o mercado ora como mero
reflexo de demandas sociais ora como força manipuladora diante
da qual o consumidor é passivo, assiste-se a criação de nichos de
sex shops que configuram um processo de constituição de novas
posições diante da sexualidade, ampliando o escopo de escolhas e
práticas sexuais, sobretudo, para as mulheres.(AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Erotismo; Etnografia; Gênero; Sao Paulo; Sex Shops;
Autor(es):

  • Gregori, Maria Filomena(Autor)
Editora: UNICAMP;
Local: São Paulo (SP)
Tipo de Publicação: Artigo de periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n38/n38a03.pdf
Código/ISBN/ISSN: 0104-8333
Ano da Publicação: 2012
Nome do Periódico: Cadernos Pagu
Número do Periódico: 38
Colação: p.53-97
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br
Acesso em: 13 jun. 2013.


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599