tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

A população lésbica em estudos da saúde: contributos para uma reflexão crítica

Durante décadas, no pensamento e nas práticas das ciências da saúde e da psicologia a sexualidade lésbica foi associada à patologia. Ao longo do século XX, este posicionamento modificou-se. Este trabalho analisa essas mudanças numa reflexão teórica focada no domínio da saúde das lésbicas, no qual predominam as concepções e práticas heteronormativas e heterossexistas, tanto na investigação como na prestação de cuidados. Através de uma contextualização crítica da literatura, identificamos as necessidades específicas das lésbicas, questionamos as intervenções dos profissionais e serviços de saúde e propomos medidas de ação concretas de promoção da saúde e de erradicação da desigualdade e discriminação (AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Lésbicas; Saúde da mulher; Serviços de saúde; Sexualidade;
Autor(es):

  • Marques, Antonio Manuel(Autor)
  • Nogueira, Conceicao(Autor)
  • Oliveira, João Manuel de(Autor)
Editora: ABRASCO;
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Tipo de Publicação: Artigo de periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/pdf/csc/v18n7/19.pdf
Código/ISBN/ISSN: 1413-8123
Ano da Publicação: 2013
Nome do Periódico: Ciência & Saúde Coletiva
Número do Periódico: 7
Volume: 18
Colação: p. 2037-2047
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br
Acesso em: 14 jul. 2014


Informações Adicionais

Arquivo Anexado: 1867_458_marquesantoniocsc18n7.pdf

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599