tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Sobre a educação sexual como um problema escolar

Nos últimos anos, a sexualidade adolescente adquiriu uma dimensão de problema social. Mais do que um problema moral, ela é vista como um problema de saúde pública, e a escola desponta como um local privilegiado de implementação de políticas públicas que promovam a saúde de crianças e adolescentes. Tendo como referência uma pesquisa etnográfica desenvolvida em uma escola municipal do Rio de Janeiro entre agosto de 2002 e julho de 2003, este artigo discute como a sexualidade adolescente tem sido equacionada como um problema social e como isso influencia o modo dessa questão ser trabalhada na escola. Além disso, a forma da escola abordar o tema está delimitada pelas especificidades das ciências biolôgicas, pois é através das aulas de Ciências que esse assunto se insere concretamente na escola. Apôs apresentar alguns dados histôricos sobre a inserção da educação sexual nas escolas no Brasil, o artigo reflete sobre como, atualmente, a escola interfere na sexualidade adolescente.

Informações de Categorização

Assunto(s): Adolescentes; Educação sexual; Escolas; Gravidez na adolescência; Sexualidade;
Autor(es):

  • Altmann, Helena()
Local: Santa Catarina (SC)
Tipo de Publicação: Periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/viewFile/1324/1133
Ano da Publicação: 2001
Nome do Periódico: Linhas
Número do Periódico: 1
Volume: 7
Colação: 12p
Notas:

Disponível no site da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - http:/www.udesc.br. Acesso em: 08 Fev. 2010.


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599