tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

A mobilização do discurso da democracia racial no combate às cotas para afrodescendentes.

Este estudo abordou o uso do discurso da democracia racial em argumentações utilizadas por brancos para combater à adoção de cotas raciais no Brasil. Destacam-se as funções ideolôgicas desse discurso. Foram entrevistados 60 sujeitos brancos, residentes em Campinas (SP). O artigo mostra temas e argumentos retirados do discurso nacional sobre raças, o tema da miscigenação, a crítica ao diferencialismo racial, entre outros, usados com notável eficácia retôrica contra a utilização de cotas como forma de combate à desigualdade racial. Nesses discursos o racismo brasileiro ou é inexistente ou é inôcuo e as políticas universalistas são caracterizadas como suficientes para combater a desigualdade entre negros e brancos (AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Afro-descendentes; Cotas; Discriminação; Discurso; Psicologia; Relações étnico-raciais;
Autor(es):

  • Oliveira Filho, Pedro de()
Editora: PUC - Campinas;
Local: São Paulo (SP)
Tipo de Publicação: Periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v26n4/03.pdf
Código/ISBN/ISSN: 0103-166X
Ano da Publicação: 2009
Nome do Periódico: Estudos de Psicologia (Campinas)
Número do Periódico: 4
Volume: 26
Colação: p.429-436
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br. Acessp em: 18 Abr. 2010


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599