tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Direito das famílias: um ano sem grandes ganhos

Mais um ano chega ao fim e, como sempre, é hora de fazer retrospectivas e balanços. Não sô quanto à vida pessoal, mas com relação a tudo, principalmente, no que diz com os acontecimentos que dizem com a área profissional. E, para quem lida com o direito, é necessário sempre se manter atualizado, o que impõe atenção constante aos avanços legais e aos rumos da jurisprudência. Como o Direito de Família - ou melhor, Direito das Famílias, expressão que se consolidou neste ano -, diz com a vida das pessoas, é o ramo do direito mais sensível às mudanças sociais. Por isso as alterações legais são mais frequentes e tem sempre uma repercussão maior. O ano que ora finda não trouxe grandes novidades. Surgiram novas leis, mas de pouca expressão, e nem todas concretizam avanços.

Informações de Categorização

Assunto(s): Adoção; Brasil; Direito da família; Direitos Humanos; União civil; União homoafetiva;
Autor(es):

  • Dias, Maria Berenice()
Editora: ADITAL;
Local: Distrito Federal (DF)
Tipo de Publicação: Artigos eletrônicos;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=44921
Ano da Publicação: 2010
Notas:

Disponível no site da ADITAL - Agência de Informação Frei Tito para a América Latina - http://www.adital.com.br
Acesso em: 21 Maio 2010


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599