tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Desigualdade racial no Brasil: evolução das condições de vida na década de 90

O pertencimento racial tem importância significativa na estruturação das desigualdades sociais e econômicas no Brasil. O aceite dessa tese, apesar de ainda limitado, tem crescido no interior da sociedade civil, sobretudo a partir dos anos 80, com o fortalecimento do Movimento Negro e a produção acadêmica de diagnósticos sociais sobre as desigualdades raciais. Este texto pretende apresentar um mapeamento das condições de vida da população brasileira nos anos 90, privilegiando o recorte racial de forma a servir como mais uma contribuição ao diagnóstico das desigualdades raciais no Brasil. A análise sobre a desigualdade racial será aqui estabelecida no contexto da desigualdade socioeconômica e da pobreza no Brasil. Em trabalhos anteriores foi demonstrado, de forma categórica, que o Brasil, tanto em termos absolutos como em termos relativos, não pode ser considerado um país pobre mas deve ser reconhecido como um país extremamente injusto. E essa injustiça social encontra-se na origem do enorme contigente de pobres em nossa sociedade.

Informações de Categorização

Assunto(s): Brasil; Desigualdades de renda; Desigualdades raciais; Educação; Exclusão social; Mercado de trabalho; Moradia; Pobreza; Trabalho infantil;
Autor(es):

  • Henriques, Ricardo()
Editora: IPEA;
Local: Distrito Federal (DF)
Tipo de Publicação: Artigos eletrônicos;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/TDs/td_0807.pdf
Código/ISBN/ISSN: 1415-7765
Ano da Publicação: 2001
Coleção/Série: Textos para discussão; 807
Colação: 52p
Notas:

Disponível no site do IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - http://www.ipea.gov.br
Acesso em: 10 Jun. 2010
Acesso revisto em: 27 ago. 2014


Informações Adicionais

Arquivo Anexado: 743_1612_capa_td2.jpg

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599