tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Mulheres em movimento

Esse artigo busca demarcar a trajetôria de luta das mulheres negras brasileiras no interior do movimento feminista nacional. Trata-se de colocar em questão a perspectiva feminista clássica fundada numa concepção universalista de mulher, que tem o seu paradigma na mulher branca ocidental, o que obscurece a percepção das múltiplas contradições intragênero e entre gêneros que a racialidade aporta. Dessas contradições, impõem-se para as mulheres negras a sua afirmação como um novo sujeito político, portador de uma nova agenda, esta resultante de uma identidade específica na qual se articulam as variáveis de gênero, raça e classe, colocando novos e mais complexos desafios para realização da eqüidade de gênero e raça em nossa sociedade.(AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Afro-descendentes; Equidade de gênero; Equidade racial; ; Mulheres; Negros(as);
Autor(es):

  • Carneiro, Sueli()
Editora: USP;
Local: São Paulo (SP)
Tipo de Publicação: Periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142003000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
Código/ISBN/ISSN: 0103-4014
Ano da Publicação: 2003
Nome do Periódico: Estudos Avançados
Número do Periódico: 49
Volume: 17
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br
Acesso em: 04 ago. 2010


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599