tamanho de fonte:
Pesquisa básica



Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR)

 

Práticas sexuais na juventude: análise sobre a trajetória e a última relação sexual

Este artigo examina as práticas sexuais de jovens brasileiros com base em dados da Pesquisa GRAVAD ­ inquérito domiciliar realizado com jovens de ambos os sexos, com idade entre 18 e 24 anos (n = 4.634) e residentes em três capitais brasileiras, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. O conjunto de práticas experimentadas no curso da vida sexual é caracterizado segundo marcas de pertencimento social, elementos de trajetória biográfica e regras de conduta prescritas para homens e mulheres. Procede-se a uma comparação entre o elenco de práticas na trajetória e as declarações acerca do que foi feito na última relação sexual, com o intuito de discutir o grau de disseminação e de incorporação das práticas relativamente à trajetória dos jovens. Os dados apontam a hegemonia do sexo vaginal, seja no repertório das práticas sexuais, seja no último encontro sexual, modalidade que é por excelência definidora da heterossexualidade (AU)

Informações de Categorização

Assunto(s): Adolescentes; Identidade de gênero; Relações sexuais; Sexualidade;
Autor(es):

  • Cabral, Cristiane S.()
  • Heilborn, Maria Luiza()
Editora: FIOCRUZ;
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Tipo de Publicação: Artigo de periódico;

Informações da Publicação

Link/URL: http://www.scielo.br/pdf/csp/v22n7/11.pdf
Código/ISBN/ISSN: 0102-311X
Ano da Publicação: 2006
Nome do Periódico: Cadernos de Saúde Pública
Número do Periódico: 7
Volume: 22
Colação: p.1471-1481
Notas:

Disponível no site do SCIELO - http://www.scielo.br
Acesso em: 20 abr. 2011


Informações Adicionais

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599