CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | campanhas e direitos
 
Brasil

Carnaval mais seguro

O perfil do portador da Aids, na década de 2000, trouxe como dado novo a constatação de que, entre os jovens na faixa etária entre os 13 e os 24 anos, a doença alcançou mais as mulheres, segundo a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas da População Brasileira, realizada em 2009 pelo Ministério da Saúde.

Dos 6.161 novos casos detectados entre 2000 e junho de 2009 nesta faixa etária, 60% foram em meninas. Em relação aos homens nesta idade, a transmissão da doença se deu principalmente por meio de relações homossexuais.

Diante desse panorama, o Ministério da Saúde e a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres estão promovendo a campanha Prevenção e Enfrentamento da Aids no Carnaval 2010, sob o slogan Camisinha. Com amor, paixão ou só sexo mesmo. Use sempre.

O objetivo da iniciativa é estimular o sexo seguro e diminuir as taxas de infecção pelo HIV. Neste ano, cerca de 5 milhões de preservativos serão distribuídos gratuitamente em todo o Brasil.

A campanha será dividida em duas etapas. Num primeiro momento, antes do início das festividades, o foco das peças publicitárias será o uso da camisinha. Terminado o carnaval, a campanha exortará a realização do teste anti-HIV para aqueles que tiveram alguma experiência de risco.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, destacou o caráter didático da campanha e assegurou que os testes anti-HIV serão confidenciais e preservarão a individualidade. “O principal objetivo é possibilitar que a pessoa saiba se está contaminada e como deve se tratar”, explicou.

Publicada em: 10/02/2010

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599