CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | em destaque
 


Direitos não se Liquidam

Na última segunda-feira (13), ocorreram atos em várias capitais do país em defesa da vida das mulheres e contra a Proposta de Emenda a Constituição 181/2011 (PEC 181), votada na última quarta-feira (8) na Câmara dos Deputados. Chamada de PEC "Cavalo de Troia", a PEC 181 determina que "a vida começa desde a concepção", a fim de barrar a descriminalização do aborto no Brasil em todos os casos.

A Anistia Internacional vem divulgando uma petição intitulada “Direitos não se Liquidam”, na qual adverte:
 
“Enquanto o Brasil atravessa uma grave crise política, o Congresso se apressa em discutir propostas que, se aprovadas, colocam em sério risco os direitos e as vidas de milhões de pessoas. E, o pior, isso acontece sem que a sociedade seja chamada a participar, opinar ou influenciar as decisões que afetam diretamente cidadãs e cidadãos brasileiros.
 
Grupos discriminados e marginalizados enfrentam níveis crescentes de violência armada, mulheres e meninas padecem com a falta de serviços de saúde sexual e reprodutiva, crianças são estigmatizadas como responsáveis pelo aumento da criminalidade, povos indígenas e comunidades quilombolas não têm acesso às suas terras, e pessoas que se manifestam pacificamente por mudanças, todas sofrerão o impacto da “liquidação” que o Congresso está promovendo para desmantelar os direitos humanos através de incontáveis medidas.
 
O papel do Congresso Nacional é trabalhar para avançar na promoção de direitos, não liquidá-los!”
 
 
Para assinar a petição, clique aqui

Publicada em: 16/11/2017



IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil