CLAM - Principal  

TAGs

Traducir

DESTACADOS | en los medios
 
Brasil

A saúde pública e a legalização do aborto

Recente pesquisa desenvolvida pela ANIS e pela Universidade de Brasília, mostrou que 1 em cada 7 mulheres de até 40 anos já realizou aborto ; se consideradas apenas as mulheres de 35 a 49 anos, esta relação cai para 1 em cada 5 mulheres. Foram ouvidas 2002 mulheres entre 18 e 39 anos, das capitais brasileiras e de municípios acima de 5000 habitantes, excluindo-se aquelas mulheres que viviam em áreas rurais e analfabetas. Os dados indicaram que o aborto é mais frequente entre as mulheres com menor nível de escolaridade, não havendo no entanto diferenças em função das religiões adotadas. O estudo mostrou também que entre as mulheres que abortaram, cerca de 48% usaram algum medicamento, e que 55% delas ficaram internadas em razão do proc e dimento.A grande relevância destas informações é que mostram que as mulheres seguem abortando sem encontrar respostas contundentes para essa demanda cidadã nas políticas públicas de saúde.

Texto completo

Publicada em: 03/07/2010

volver




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599