CLAM - Principal  

TAGs

Traducir

DESTACADOS | noticias CLAM
 
Brasil

Resultado de seleção

A seleção de candidatos/as para treinamento como professores/as online do curso a distância “Gênero e Diversidade na escola” procurou privilegiar a combinação de critérios para o bom andamento do projeto, como: a familiaridade com os temas em questão, a qualificação acadêmica e a experiência em capacitação e docência.

“O processo de seleção foi árduo e gostaríamos de contar com um número maior de professores/as. Restrições orçamentárias nos impediram selecionar um número muito grande de candidatos/as de fora do Rio de Janeiro, local previsto para a capacitação”, afirma Fabíola Rohden, coordenadora do projeto.

Resultado de um esforço de divulgação, a coordenação do projeto recebeu cerca de 1.300 currículos de estudantes e profissionais da área das ciências sociais e afins com interesse nas temáticas de gênero, sexualidade e relações raciais.

“Na verdade, nos surpreendemos com a quantidade de inscritos/as qualificados em termos de formação acadêmica e experiência profissional. Esperamos que, em breve, possamos contar com a colaboração daqueles que não puderam ser selecionados nesse momento”, diz a coordenação.

Os 50 candidatos/as selecionados deverão participar de treinamento, em período integral, entre os dias 20 e 24 de março, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Após a realização desta etapa, será feita uma nova seleção que definirá os 36 professores/as online para atuar no curso durante o período de maio a julho.

Para confirmar o interesse em participar do projeto, os escolhidos/as deverão ler o documento “Ações para docência online” e enviar e-mail para clamead@ims.uerj.br até o dia 10 de março. Na mensagem, é preciso que o candidato envie os seguintes dados: nome completo, endereço residencial, bairro, cidade, Estado, CEP, telefones residencial e celular, e-mail próprio, data de nascimento, nome da mãe, CPF, PIS/PASEP, RG com data e órgão de expedição e informações bancárias (nome da instituição financeira, agência, conta corrente e nome do titular da conta).

Lista final de candidatos aprovados

1 - Acácia Batista Dias

2 - Alane Michelini Moura

3 - Alessandra Tosta

4 - Alexandre Franca Barreto

5 - Amilcar Araujo Pereira

6 - Ana Beatriz Sousa Gomes

7 - Ana Paula da Silva

8 - Ana Paula dos Reis

9 - André Luiz dos Santos Barbosa

10 - Aparecida Fonseca Moraes

11 - Ari José Sartori

12 - Bárbara Oliveira Souza

13 - Berenice Alves de Melo Bento

14 - Cláudia Regina de Paula

15 - Cynthia Teixeira de Souza

16 - Daniela Auad

17 - Daniela Finco

18 - Daniela Tonelli Manica

19 - Deborah Silva Santos

20 - Denise M. Botelho

21 - Elielma Ayres Machado

22 - Fernanda Vecchi Alzuguir

23 - Helyom Rogério Viana da Silva Telles

24 - Ivia Maksud

25 - Jacira Reis da Silva

26 - Jimena Furlani

27 - Joselina da Silva

28 - Lauro Cornélio da Rocha

29 - Luciane Soares da Silva

30 - Marcelo Tavares Natividade

31 - Márcia Oliveira Cavalcante Campos

32 - Marcia Pereira Cunha

33 - Marcia Taborda Corrêa Oliveira

34 - Marcilene Garcia de Souza

35 - Márcio André de Oliveira Santos

36 - Marcos Renato Benedetti

37 - Maria Lúcia de Macedo Cardoso

38 - Mariana Cunha Pereira

39 - Regina Facchini

40 - Regina Maria Mac Dowell de Figueiredo

41 - Ricardo de Castro e Silva

42 - Rolf Ribeiro de Souza

43 - Samantha Freitas Stockler das Neves

44 - Sandra dos Santos Andrade

45 - Simone Ferreira Alvim

46 - Sônia de Almeida Pimenta

47 - Sonia Duarte Travassos

48 - Syane Costa de Paula

49 - Willer Baumgarten Marcondes

50 - Vanessa Regina Eleutério Miranda de Oliveira

Ações para a docência online

Pré-docência

  • Leitura prévia dos conteúdos produzidos para o curso “Gênero e diversidade na escola”, que serão objeto de discussão no curso de formação de professores online. O material será encaminhado via e-mail, logo após a confirmação de disponibilidade para participar do projeto.

Pedagógicas

  • Mediar a aprendizagem das e dos docentes-cursistas a partir do desenho didático do curso online “Gênero de diversidade na escola”.
  • Incentivar a construção dos conhecimentos por meio da reflexão crítica e da autoria coletiva, valorizando a diversidade e perspectivas de análise de cada participante.
  • Esclarecer prontamente as dúvidas das e dos docentes-cursistas sobre conteúdo e atividades.
  • Indicar outras fontes de leitura (textos, imagens, projetos) sem comprometer ou substituir o desenho didático e a autoria das e dos docentes-especialistas que escreveram as unidades de cada módulo do curso online.
  • Incentivar que as e os docentes-cursistas disponibilizem no ambiente online do curso suas autorias, projetos didáticos, planos de aula e bibliografia.
  • Mediar as discussões nos fóruns de discussão, questionando e valorizando as idéias e as experiências formativas das e dos docentes-cursistas.
  • Relacionar a teoria com a prática, incentivando a transposição didática dos conteúdos e temas abordados no desenho didático do curso.
  • Avaliar a participação das e dos docentes-cursistas de acordo aos indicadores de avaliação do projeto negociando processos e resultados.
  • Fornecer feedbacks claros e detalhados das atividades e das contribuições das e dos docentes-curstistas nas interfaces/ferramentas do curso.
  • Incentivar a avaliação dialógica, ou seja, as e os docentes-cursistas devem avaliar a participação e o desempenho das e dos docentes on-line.

Sócio-afetivas

  • Estabelecer vínculos afetivos com as e dos docentes-cursistas através de uma comunicação pessoal, informal e bem humorada.
  • Incentivar a colaboração entre as e os docentes-cursistas estimulando a troca de saberes e experiências culturais.
  • Estabelecer uma relação horizontal com as e os docentes-cursistas. Afinal todas e todos são docentes.
  • Respeitar os estilos pessoais de aprendizagem, promovendo um ambiente virtual amigável e que garanta a emergência de conflitos e consensos.

Gerenciais e tecnológicas

  • Abrir, gerenciar e organizar as discussões nos fóruns, e disponibilizar recursos e áreas do sistema necessários ao cumprimento das atividades.
  • Lançar notas e avaliações nas planilhas e sistemas acadêmicos do curso nos prazos estabelecidos pela coordenação de EAD.
  • Elaborar relatórios de desempenho da turma.
  • Negociar o cumprimento das atividades dos docentes-cursistas sem comprometer o andamento do curso que tem calendário e prazos bem demarcados.
  • Socializar com a coordenação de EAD as críticas, dúvidas e sugestões das e dos docentes-cursistas.
  • Participar da SOP – sala online dos professores – compartilhando seus dilemas e autorias com as e os colegas docentes-cursistas e a coordenação de docência on-line.
  • Utilizar com desenvoltura as tecnologias digitais de informação e comunicação, bem como o ambiente virtual do curso organizando e conduzindo os debates on-line.
  • Encaminhar para o suporte técnico (help-desk) as dúvidas técnicas das e dos docentes-cursistas, incentivando-os a buscarem diretamente, caso seja necessária, a ajuda do suporte técnico. Acompanhar o problema.
  • Orientar as e os docentes-cursistas sobre os procedimentos básicos do curso – a forma de submeter trabalhos, acessar conteúdos, enviar mensagens, participar de bate-papos (chats). Incentivar que as e os docentes-cursistas leiam e estudem o módulo de abertura do curso.

Publicada em: 09/03/2006

volver




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599