CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | na mídia
 
Brasil

União homossexual é reconhecida por juíza no DF como família

Um militar do Exército e um pintor de paredes mantiveram durante 11 anos uma união homoafetiva. Eles moraram na mesma casa e, segundo o pintor, viveram como casados. Agora, quase 15 anos depois, a juíza Luciana Pimentel Garcia, da 1ª. Vara de Família, Órfãos e Sucessões do Gama (cidade satélite do Distrito Federal), reconheceu que eles formaram uma família. "Eles eram uma família, viviam uma união homoafetiva", afirmou nesta segunda-feira, 4, a juíza.

Texto completo

Publicada em: 04/08/2008

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599