CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | na mídia
 
Brasil

Ministério: morte de mulheres na gravidez, parto e puerpério cai 56%

A redução dos óbitos por causas obstétricas diretas foi o principal fator que levou à redução da taxa de mortalidade materna no Brasil - de 140 a cada 100 mil nascidos vivos, em 1990, para 75, em 2007. As mortes por complicações durante gravidez, parto e puerpério, que compreende o período que vai do parto até que os órgãos genitais e o estado geral da mulher voltem ao normal, diminuíram 56%, nos últimos 18 anos. Esse e outros dados referentes à saúde da mulher estão reunidos no Saúde Brasil 2009, publicação do Ministério da Saúde divulgada nesta terça-feira que reúne as principais análises e indicadores em saúde no País.

Texto completo

Publicada em: 14/12/2010

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil