CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | notícias CLAM
 
Brasil

Documentário desvenda mitos em torno do lesbianismo

O vídeo documentário “Lésbicas no Brasil” conta a história do movimento lésbico no Brasil. “Essas mulheres existem e estão organizadas. A proposta é desvendar alguns mitos em relação a elas. O estereótipo existe, mas elas têm muito mais que isso”, diz a diretora Maria Angélica Lemos, que acrescenta que a abordagem do tema lesbianismo em novelas tem contribuído positivamente para a diminuição de preconceitos.

"Lésbicas no Brasil" tem 45 minutos de duração e percorre a história do movimento lésbico, desde início dos anos 80 até meados de 2004, mostrando acervo significativo de imagens, gravadas em várias épocas e em diferentes cidades. Segundo o crítico José Geraldo Couto, o documentário "consegue ser ao mesmo tempo um trabalho de informação, de luta e de celebração".

O lançamento, promovido pelo jornal Folha de São Paulo, foi seguido de um debate sobre o tema “sexualidade feminina e preconceito”, que teve como mediadora a cantora, articulista da Folha e ativista lésbica Vange Leonel, e como debatedoras Nalu Faria, da Marcha Mundial de Mulheres e da SOF – Sempre Viva Organização Feminista, e a diretora do filme, Maria Angélica Lemos.

O vídeo tem a legendagem financiada pelo Fundo Ângela Borba, e é mais uma produção da Comunicação Mulher, entidade civil sem fins lucrativos que, desde 1985, realiza vídeos e oficinas de capacitação na área. A produção do COMULHER inclui documentários, especiais e campanhas para TV, cobertura de eventos, registros de encontros e de manifestações sociais, e são também organizados cursos de formação profissional possibilitando que adolescentes de famílias pobres da cidade de São Paulo possam trabalhar com vídeo e televisão. O vídeo teve o apoio do CLAM.

Publicada em: 22/03/2005

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599