CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | notícias CLAM
 
Brasil

Bullying homofóbico

Por definição, Bullying é um termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica intencionais, praticados por um indivíduo (bully ou "valentão") ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo. Muitas vezes, este tipo de violência pode estar relacionada à homofobia. Esta será a hipótese que o psicólogo norte americano James T. Sears, da Penn State University, apresentará na palestra Bullying homofóbico nas Escolas, que será realizada às 14h da terça-feira, 7 de outubro, no auditório do Instituto de Medicina Social da UERJ. Na apresentação, Sears examinará pesquisas sobre o Bullying nas escolas, quando esta é relacionada à discriminação por orientação sexual e identidade de gênero. O pesquisador fará uma análise comparativa de políticas governamentais e educacionais relativas à segurança nas escolas para a juventude LGBT em países de todo o mundo.

Segundo sua abordagem, a violência psicológica e física nas escolas baseada na discriminação por orientação sexual tem dimensões psicológicas e sociológicas. “Psicologicamente, o bullying requer uma compreensão do indivíduo que o pratica e sua relação com seu alvo. Sociologicamente, as estruturas organizacionais, as dinâmicas interpessoais e o currículo das escolas (fatores que juntos constituem o clima escolar) promovem a heterossexualidade e frequentemente reforçam o heterossexismo. Portanto, políticas que explicitamente proíbam o bullying baseado na orientação sexual ou na identidade de gênero são tão importantes quanto as práticas pedagógicas e materiais escolares que colocam em questão a heterodoxia sexual e de gênero”, avalia o pesquisador.

James Sears é autor de dezenas de livros, entre eles Teaching and Thinking About Curriculum: Critical Inquiries (1990, reeditado 2001, EIP Press), Growing up Gay in the South: Race, Gender, and Journeys of the Spirit (1991, New York: Haworth Press), Sexuality and the Curriculum: The Politics and Practices of Sexuality Education (1992, New York: Teachers College Press), When Best Doesn’t Equal Good: Educational Reform and Teacher Recruitment, A Longitudinal Study (1994, New York: Teachers College Press), Bound by Diversity (1994, Columbia, SC: Sebastian Press) e Overcoming Heterosexism and Homophobia: Strategies that Work (1997, New York: Columbia University Press).

Seus próximos livros, que serão lançados até 2009, são: Handbook of LGBTQ Youth: Working with the Millennial Generation (New York, Routledge) e Edwin and John: A History of 50 Years Together Living in the American South (New York: Routledge).

Publicada em: 01/10/2008

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599