CLAM - Principal  
EM DESTAQUE | notícias CLAM
Brasil  
Publicada em: 08/08/2013

Revista Sexualidade, Saúde e Sociedade


Esta nova edição de Sexualidade, Saúde e Sociedade marca o aprofundamento da proposta da Revista, sobretudo quanto ao seu caráter de espaço de confluência de discussões que, com diversas perspectivas disciplinares, exploram as dimensões culturais e políticas das sexualidades em diferentes países latino-americanos (nesse número 14, representados por Argentina, Brasil, Equador, México e Uruguai).
   
Pelo mundo  
Publicada em: 08/08/2013

Survey sobre ativismo sexual e internet


A internet é hoje em dia uma ferramenta indispensável para a militância feminista e LGBT? Quão hábeis são os ativistas pelos direitos sexuais para lidar com problemas legais e técnicos trazidos pelo uso da internet? Ativistas de todo o mundo abordaram essas e outras questões em uma pesquisa global sobre o trabalho pelos direitos sexuais e a internet.(Texto em espanhol)
   
Brasil  
Publicada em: 01/08/2013

O significado do silêncio


Em sua passagem pela JMJ, o papa Francisco não repetiu a velha retórica do Vaticano, preferindo calar-se sobre temas como aborto e casamento entre pessoas do mesmo sexo. Mas até que ponto as declarações do papa sobre alguns temas e o seu silêncio sobre outros representam realmente alterações significativas no rumo e na doutrina da Igreja Católica?
   
Bolivia  
Publicada em: 01/08/2013

Sinais de mudança?


Na Bolívia, mudanças recentes abriram caminho para uma maior participação política de setores outrora excluídos e para o reconhecimento dos direitos sexuais e reprodutivos. Ximena Machicao e outros especialistas analisam o impacto efetivo de tais transformações em um país que registra altos índices de violência sexual e de gênero. (Texto em espanhol)
   
América Latina  
Publicada em: 01/08/2013

Aborto: ecos e reações


As mudanças nas legislações latino-americanas que asseguram às mulheres o direito ao aborto em condições seguras – pela vontade ou por causais – têm gerado ecos favoráveis, mas também reações contrárias. Este panorama regional revela que nem todos os países avançam na mesma direção e que os embates conservadores colocam em risco os direitos conquistados.(Texto em espanhol)
   
Brasil  
Publicada em: 01/08/2013

Respeito às mulheres


A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira (1/8) a lei que obriga hospitais que fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS) a prestar atendimento emergencial a vítimas de violência sexual. Para ministra Eleonora Menicucci (SPM), a sanção da presidente representa respeito às mulheres que sofrem violência sexual, com a adoção de ações que amenizam seu sofrimento.
   
Brasil  
Publicada em: 01/08/2013

Edital de concurso para animação e documentário sobre saúde pública


A Fiocruz está com edital aberto para o segundo Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas. O objetivo do concurso é fomentar e estimular a produção nacional de vídeos sobre temas como História da Saúde Pública; doenças transmissíveis; violência e saúde; saúde da mulher e da criança; saúde do trabalhador; e saúde mental. Inscrições até 01/11.
   
Pelo mundo  
Publicada em: 24/07/2013

Mais mulher ou menos mulher?


A decisão de algumas mulheres, como a atriz Angelina Jolie, de submeter-se a uma mastectomia dupla preventiva coloca em xeque a ideia de uma feminilidade definida pelas características de determinados órgãos, formas e volumes, e de que a beleza se reduz ao cumprimento de certos padrões estéticos. Por que a retirada de órgãos repercute no erotismo e na validação pessoal das mulheres?Em espanhol
   
Brasil  
Publicada em: 23/07/2013

Queremos uma nova Igreja, dizem católicas


Em carta ao Papa Francisco, as Católicas pelo Direito de Decidir criticam declaração do pontífice em que ele reafirma que a união heterossexual é a única expressão de amor verdadeiro e defendem que a Igreja reconheça a autonomia das mulheres em relação à vida reprodutiva. “Quando a Igreja vai se abrir à realidade da diversidade das formas de amor e de expressão da sexualidade humana?”.
   
Brasil  
Publicada em: 23/07/2013

Projeto assegura o que já é permitido


Parlamentares religiosos pedem veto a projeto que regulamenta o atendimento emergencial em hospitais a mulheres vítimas de violência sexual, alegando que este abre brecha para o aborto. Schuma Schumaher explica que proposta não cria permissivos legais ao aborto, mas garante às vítimas de violência sexual o acesso a informações e a medicamentos de prevenção à gravidez e a DSTs.
   
Página 23 de 110
Navegação por TAGS

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil