CLAM - Principal  
EM DESTAQUE | notícias CLAM
Colômbia  
Publicada em: 19/06/2013

As maiores vítimas


Na Colômbia, como em outros países da região, a exposição das pessoas trans a agressões e à impunidade destes crimes, em muitos casos perpetrados por agentes do estado, revelam não só uma brecha na igualdade jurídica das pessoas LGBT, mas também uma sutil reacomodação das violências frente os avanços normativos. (Texto em espanhol)
   
Brasil  
Publicada em: 19/06/2013

Abia repudia postura do Ministério da Saúde


A Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia) enviou petição às ministras da Secretaria de Direitos Humanos e da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República solicitando que ambas se posicionem, a partir de suas pastas, e retomem a proposta de veiculação da campanha dirigida às prostitutas, recentemente vetada pelo Ministério da Saúde.
   
Brasil  
Publicada em: 19/06/2013

País sem creches


Segundo dados oficiais, apenas 23,5% das crianças com até 3 anos frequentam creches no Brasil. Uma realidade que contrasta com a ênfase do governo brasileiro em políticas e alianças eleitorais centradas na dimensão materno-infantil. Para pesquisadora Fúlvia Rosemberg, a carência de uma rede de creches espelha desigualdades de idade e de gênero.
   
Brasil  
Publicada em: 12/06/2013

Direitos humanos como princípio à prevenção em saúde


“Para populações mais vulneráveis, o primeiro passo é a afirmação da cidadania, afinal, séculos de tradição e práticas sexistas, machistas, homofóbicas e racistas produziram consequências indeléveis à autoestima e autoaceitação de LGBT, negros/as, pobres, mulheres e, particularmente, as prostitutas”, afirma em nota o Grupo de Trabalho em Gênero e Saúde da Abrasco.
   
Brasil  
Publicada em: 06/06/2013

Tempos de censura


Recuo do Ministério da Saúde brasileiro na campanha de prevenção destinada às prostitutas integra um conjunto de retrocessos no campo da saúde – como a suspensão de campanha de prevenção à Aids voltada a jovens gays, a questão do aborto e a internação compulsória de dependentes de drogas – resultantes do preocupante comprometimento do governo com a bancada evangélica.
   
América Latina  
Publicada em: 28/05/2013

O trabalho doméstico na AL


A demanda pelo trabalho doméstico vem aumentando, segundo a OIT. No entanto, isto não tem representado uma melhoria nas condições laborais. Uruguai, Bolívia, Brasil e Chile têm dado passos importantes a esse respeito, mas em outros países da região ainda há a resistência em reconhecer os direitos das empregadas domésticas.
   
Brasil  
Publicada em: 28/05/2013

O fenômeno global do estupro


Os casos de estupro acontecidos no Rio de Janeiro, em Nova Delhi, no Cairo ou nos EUA legitimam a prática como um fenômeno universal, mas qualquer experiência individual de estupro está profundamente ancorada no meio social e político circundante, que é também afetado pelos modos como a vítima, o agressor e as instituições reagem e representam o acontecido.
   
México  
Publicada em: 28/05/2013

Crimes de ódio por homofobia no México


Disponibilizamos para download Crímenes de odio por homofobia: un concepto en construcción (2012), de Rodrigo Parrini Roses e Alejandro Brito Lemus, documento que busca contribuir para a defesa dos direitos de pessoas LGBT no México, mediante a análise de casos de assassinatos por homofobia e dos discursos sociais em torno deles (jornalísticos, jurídicos e acadêmicos). Texto em espanhol
   
Brasil  
Publicada em: 28/05/2013

Cultura e diversidade sexual: um diálogo possível


Evento no Rio de Janeiro discute como a institucionalização da cultura como política de Estado pode atuar no sentido de fazer frente às desigualdades baseadas no gênero e na sexualidade. Produtora de filme contou como obra sobre relacionamento lésbico enfrentou dificuldades de financiamento.
   
América Latina  
Publicada em: 15/05/2013

Para além da igualdade jurídica


As leis que punem a violencia de gênero e tipificam o feminicídio, ainda que signifiquem um importante reconhecimento jurídico dos direitos das mulheres, não têm tido o impacto esperado. Especialistas questionam a perspectiva punitiva destas normas e suas limitações para produzir efeitos estruturais. (Texto em espanhol)
   
Página 23 de 109
Navegação por TAGS

IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599