CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | ofertas acadêmicas
 
Brasil

Seleção de monitores

O projeto Observatório do Programa Brasil Sem Homofobia seleciona monitores voluntários para atuarem como pontos focais do projeto nos 27 estados. Para isso, o candidato(a) a voluntário(a) deverá se inscrever até às 18h do dia 23 de maio, estar de acordo com as atribuições propostas e preencher pré-requisitos necessários à função.

O Projeto Observatório do Programa Brasil Sem Homofobia é uma iniciativa da ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros), executada pelos Grupo Arco-Íris de Conscientização Homossexual (RJ) e Movimento D´ELLAS (RJ), e conta com financiamento da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH-PR). O projeto contribui para a criação de mecanismos de monitoramento, avaliação e mobilização comunitária para incidência sobre as políticas públicas existentes e o fomento de novas políticas para GLBT, através de ações visando à efetiva implementação e ampliação do Programa Governamental Brasil Sem Homofobia.

Serão selecionados no mínimo dois monitores voluntários para cada estado com as seguintes atribuições:

1) Coletar e enviar regularmente informações sobre iniciativas de políticas públicas para GLBT e violação de direitos desse segmento no seu estado, contribuindo com a alimentação do sistema de informação do projeto (hotsite, relatórios, boletins e dossiês), formando assim uma Rede Nacional de Incidência e Mobilização Pró-Políticas Públicas para GLBT;

2) Trocar informações sobre iniciativas de políticas públicas federais e de outros estados e violação de direitos desse segmento com Organizações GLBT e de Direitos Humanos, bem como governos do seu estado e dos municípios;

3) Repercutir as iniciativas e as ações envolvendo a implementação do Programa Brasil Sem Homofobia (BSH) nas diversas esferas governamentais;

4) Atuar na criação de ambientes sociais favoráveis para elaboração e implementação de programas no seu estado e municípios tendo como referência o BSH;

5) Reunir e mobilizar atores aliados ao movimento para incidir, articular, cobrar e elaborar políticas públicas junto aos governos nas diversas esferas;

6) Reagir diante das situações de oposição à construção e ampliação de políticas públicas para GLBT ou de violação dos direitos desse segmento no seu estado, em parceria com outros ativistas e articulado com o Observatório do Programa Brasil Sem Homofobia e a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).

7) Participar da construção e implementação de estratégias das ações de monitoramento e avaliação do Programa Brasil sem Homofobia, por meio de eventos e atuação no ambiente intranet (espaço específico e privado com senha no site do Observatório para os monitores, equipe técnica do projeto e diretoria da ABGLT);

8) Produzir relatórios bimensais da atuação no estado.

Para isso o (a) candidato (a) deve preencher os seguintes pré-requisitos:

1) ter experiência na área de direitos humanos para GLBT;

2) ter atuação em ONG ou movimento social;

3) ter familiaridade com as ferramentas de editor de texto e internet;

4) ter facilidade de acesso à internet;

5) ter ensino médio completo;

6) ter redação própria para a produção de pequenos relatórios;

7) ter capacidade de liderança;

8) ter condições de trabalhar em equipe e formar parcerias com outras ONG, universidades e governos;

9) ter disponibilidade de tempo para atuar no projeto até no máximo 08 horas semanais;

10) ter condições de se ausentar do estado para participar de oficina regional de qualificação em monitoramento de políticas públicas para GLBT, caso esta ocorra fora do seu estado;

11) ter condições de atuar como voluntário;

12) ter carta de referência de uma liderança GLBT do seu estado.

Informações:

Os (as) interessados (as) deverão enviar ficha de inscrição e questionário (em anexo) para os seguintes endereços eletrônicos: marcioalonso@arco-iris.org.br e cnascimento@alternex.com.br.

Mais informações nos telefones: (21) 2238-8292 e (21) 2208-2799 (falar com Marcio Alonso ou Layla Peçanha).

Publicada em: 22/05/2007

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - Tel.: (21) 2568-0599