CLAM - Principal  

TAGs

Traduzir

EM DESTAQUE | ofertas acadêmicas
 
Brasil

Concurso de Cartazes e Redações sobre Lesbofobia, Transfobia e Homofobia

Prosseguem até o dia 10 de maio as inscrições para o II Concurso de Cartazes e Redações sobre Lesbofobia, Transfobia e Homofobia nas escolas da Grande Florianópolis. O objetivo é discutir a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros (LGBTTT) no ambiente de ensino. A organização é do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) do Laboratório de Antropologia Social da UFSC, com apoio do Núcleo de Educação e Prevenção, da Secretaria Estadual de Educação e da UDESC.

A programação faz parte das atividades do Dia Municipal contra a Homofobia, Lesbofobia e Transfobia (17 de maio), instituído por lei no município de Florianópolis. Em 2010, o concurso está ampliando o público que pode participar. Na primeira categoria, que já existia ano passado, podem concorrer estudantes de escolas públicas do ensino médio e fundamental de Santa Catarina. Os alunos devem formar grupos, coordenados por um professor, e confeccionar um cartaz que aborde temas relacionados às violências contra LGBTTT.

A segunda categoria, novidade nesta segunda edição do prêmio, prevê a participação de estudantes de graduação em Pedagogia ou de outros cursos de licenciatura, em todas as universidades do Estado. Os concorrentes devem enviar uma redação sobre a mesma temática. “Esperamos atingir, pelo menos, as universidades de maior alcance e garantir uma boa reflexão sobre sexualidade. A ampliação do concurso surge como disparador do tema nos currículos de formação inicial dos professores”, explica Felipe Fernandes, um dos organizadores da premiação.

A exposição, votação popular dos cartazes e julgamento pela comissão julgadora serão realizados entre os dias 17 e 21 de maio, no Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades. A votação popular será limitada aos três primeiros dias da exposição. Estudantes vencedores nas duas modalidades serão premiados com livros sobre gênero e sexualidade. Os prêmios coletivos relativos aos cartazes serão doados às bibliotecas das escolas.

A iniciativa de promover o concurso partiu de pesquisas realizadas e projetos desenvolvidos pelo Núcleo junto a escolas de Santa Catarina, em que se percebeu a dificuldade que professores têm de incluir nos currículos de suas aulas atividades que discutam sexualidades, gênero e violências contra LGBTTT. O I Concurso de Cartazes foi pensado como uma possibilidade de satisfazer essa demanda, permitindo que a temática seja discutida dentro das instituições de ensino.

Em 2009, o evento contou com a participação de 97 alunos de quatro escolas de Florianópolis. “Os trabalhos do ano passado tiveram uma presença muito forte da visão positivada da sexualidade, com base no respeito às diferenças, através de diálogos com as moralidades religiosas e demonstrações do quadro de violência nas escolas e como superá-los”, conta Fernandes.

O edital do concurso e mais informações podem ser obtidas no site www.nigs.ufsc.br e as dúvidas esclarecidas através do e-mail nigsnuc@cfh.ufsc.br ou do telefone 3721-9890 (Ramal 25) no horário comercial.

Publicada em: 03/05/2010

voltar




IMS/UERJ - R. São Francisco Xavier, 524, 6º Andar, BL. E - 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil